O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, testou positivo para Covid-19. A informação foi confirmada na manhã desta segunda-feira (26). Por meio de nota, a equipe do ministro informou que ele se sentiu indisposto na noite de domingo (25) e, após um teste, confirmou o diagnóstico de Covid-19. O comunicado acrescentou que Haddad passa bem.

O diagnóstico foi às vésperas da reunião ministerial da Trilha de Finanças, do G20 (grupo das 19 maiores economias do mundo mais a União Africana e a União Europeia), marcada para acontecer na quarta-feira (28) e na quinta-feira (29) dessa semana, em São Paulo (SP). A programação era de que Haddad coordenasse o encontro. A expectativa, agora, é que sua participação presencial fique comprometida.

De acordo com o Ministério da Fazenda, o ministro presidirá as reuniões previstas de forma virtual nos dois dias. Devem estar presencialmente o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e o secretário executivo do Ministério da Fazenda, Dario Durigan.

O ministro Fernando Haddad seguirá realizando novos testes e, em caso de diagnóstico negativo, estará liberado para a participação presencial na Bienal do Ibirapuera, nos dias 28 e 29, o que será informado oportunamente. Reiteramos que a programação oficial do G20 está preservada e que o ministro estará representado em todos os eventos”, concluiu a pasta na nota.

Esta é pelo menos a segunda vez que Haddad testa positivo para Covid-19. O ministro teve a doença em janeiro de 2022, quando alegou sintomas semelhantes a uma rinite alérgica. O chefe da equipe econômica do governo Lula é vacinado contra a Covid.


Avatar