O presidente em exercício, Geraldo Alckmin (PSB), afirmou que o governo vai liberar R$ 800 para cada pessoa desabrigada pelas tempestades na região Sul do país. O valor será transferido para os municípios e depois repassado aos cidadãos.

Alckmin visitará o Rio Grande do Sul no próximo domingo (10). Ele estará acompanhado de uma comitiva de ministros para organizar as ações nas cidades atingidas pelas fortes chuvas da última semana.

Ministros também estarão presentes. O presidente em exercício deverá desembarcar em Lajeado acompanhado dos ministros Waldez Góes (Integração), José Múcio (Defesa), Nísia Trindade (Saúde), Wellington Dias (Desenvolvimento Social), Paulo Pimenta (Secom), e representantes dos Ministérios das Cidades e Agricultura.

Wellington Dias não soube informar o custo total da ajuda. De acordo com o ministro, depende da lista de pessoas desabrigadas em cada cidade.

Além da ajuda financeira, o governo determinou o envio de 20 mil cestas básicas e kit de medicamentos. Parte dos alimentos, 5.000 cestas, devem chegar no domingo, segundo Alckmin.

“A partir de hoje, o governo através do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, está liberando R$ 800 reais por pessoa a partir de hoje. Isso é para prefeitura, quer dizer, o critério é por pessoa atingida de cada município, mas o dinheiro vai ser transferido para o município para ajudar os municípios a atenderem as famílias desabrigadas”, disse Geraldo Alckmin, presidente em exercício.

“Nós dependemos para ter um valor exato do requerimento apresentando a relação das pessoas desabrigadas por parte de cada município. São 79 municípios já com reconhecimento por parte da Defesa Civil Nacional, do Ministério da Integração que, inclusive, a partir de um decreto do estado para poder facilitar já fez o reconhecimento. Poderá chegar a 83 municípios”, afirmou Wellington Dias, ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome.


Avatar

administrator