Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

Por Marco Aurélio Carone

O candidato ao governo de Minas Gerais, Alexandre Kalil encontrou-se nesta terça feira (26) em Brasília com os parlamentares do PT. O assunto principal da reunião foi a estratégia de campanha a ser adotada, principalmente em relação a agenda comum com o candidato Lula. Ficou decidido que o candidato a vice, André Quintão, formatará reuniões com os setoriais programáticos para atender todas demandas históricas do PT.

Para participantes da reunião, Kalil mostrou-se aberto ao diálogo e em sintonia com as bandeiras do presidente Lula. Segundo palavras do candidato: “Minha prática frente a prefeitura de Belo Horizonte é a certidão do meu compromisso com o social”, o que foi corroborado pelas palavras do candidato a vice-governador André Quintão: “recomendo que comentem a gestão que Kalil fez na prefeitura de Belo Horizonte”.

“Todos os participantes tiveram a oportunidade de se manifestarem. Kalil deve andar colado no ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, desta forma sua campanha terá uma alavancagem maior”, afirmou o deputado Rogério Correia. “Durante minhas visitas do interior do estado, fiquei impressionado com a força de Lula”, concluiu.

O deputado fez questão de vincular a imagem do governador Romeu Zema com a do presidente Jair Bolsonaro, criticando as propostas de privatização defendidas pelos dois.

Segundo Correia, o povo já está passando por dificuldades devido à crise econômica e, se não tiver acesso a um serviço público de qualidade devido às privatizações, vai sofrer muito mais. “O governador Romeu Zema é a alma gêmea de Bolsonaro”, comparou o parlamentar.

Como Kalil tem maioria de intenção de votos na capital e na Região Metropolitana de Belo Horizonte, o desafio é conquistar os votos do interior para superar a vantagem que as pesquisas dão ao seu principal adversário na disputa, o governador Romeu Zema (Novo), que vai tentar a reeleição.

Votado na região Norte do estado, o deputado Paulo Guedes, defendeu a recriação da Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Sedinor), extinta pelo governador Romeu Zema.

Ficou também confirmado que Lula vem à Belo Horizonte no dia 18 de agosto, para um comício na Praça da Estação.

À frente das articulações das agendas de Lula em Minas, está o deputado federal Reginaldo Lopes (PT), coordenador da campanha presidencial no estado. Ele informou que está organizando uma viagem de Lula ao interior mineiro.

“Minas é prioritária para Lula. É impossível mudar a realidade do Brasil sem mudar a realidade de Minas. Por isso, essa aliança com Kalil faz esse alinhamento de reconstrução do país”, disse o parlamentar.

“A ideia é que o Lula possa percorrer o Norte de Minas, o Vale do Aço, Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, o Mucuri e o Jequitinhonha. Já fomos à Zona da Mata, à Região Metropolitana e ao Triângulo”, explicou Reginaldo.

Foram ao encontro os deputados estaduais Andréia de Jesus, Doutor Jean Freire, Marquinho Lemos, Ulysses Gomes e Virgílio Guimarães. Da bancada federal, estiveram presentes Leonardo Monteiro, Odair Cunha, Padre João, Patrus Ananias, Paulo Guedes e Reginaldo Lopes.

Foto: Alexandre Vilaça


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.