O presidente Lula (PT) voltou a fazer críticas à elite brasileira e prometeu melhorar a educação no Brasil, com elogios ao modelo de desenvolvimento da China.

Em evento na Bahia, Lula afirmou que a elite brasileira “nunca teve a intenção de educar nosso povo”. O presidente participava da implantação do Parque Tecnológico Aeroespacial da Bahia, na base aérea da capital. Ao todo, serão investidos R$ 650 milhões, com previsão de inauguração no primeiro semestre de 2025.

Lula lamentou a falta de investimentos na educação ao longo dos anos e lembrou mais uma vez a demora na criação da primeira universidade no Brasil, como tem feito em discursos recorrentes desde a campanha. O presidente costuma excluir o período de 14 anos de governo petista destas críticas.

“A China, até outro dia, tinha um PIB menor que o do Brasil, era um país muito pobre. Qual foi a revolução que aconteceu na China? Primeiro, investimento em educação. A quantidade de chineses estudantes de engenharia no mundo inteiro é muito maior do que o que temos dentro do Brasil. Nunca se pensou no ensino como uma coisa essencial”, disse Lula, em Salvador.

O governo pretende investir R$ 45 bilhões em educação, ciência e tecnologia até 2026, segundo o Ministério da Educação. Inicialmente, o dinheiro tem sido voltado à conclusão de creches e escolas inacabadas e depois deverá incluir construção de institutos federais, universidades, centros de pesquisa e desenvolvimento tecnológico e modernização de estruturas.

Ele também afirmou que o Brasil terá um “ano de colheita”. O plano do presidente é rodar o Brasil em obras de inauguração ou lançamento do Novo PAC (Programa de Aceleração ao Crescimento).

Nós vamos colher muitas das coisas que nós plantamos [no ano passado]”, disse Lula. “Pegamos um país quase destruído com milhares de obras paralisadas, de creche a universidade, de UBS a hospitais.”

O presidente iniciou hoje um roteiro pelo Nordeste após visitar 24 países em 2023. Nesta quinta-feira (18), Lula está em Salvador e Paulo Afonso (BA).

Na capital baiana, ele assinou um acordo de parceria para pôr de pé o Centro Tecnológico Aeroespacial da Bahia. Na mesma viagem, inaugura a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Paulo Afonso, e, depois, visitará a refinaria Abreu e Lima, em Ipojuca (PE).

Amanhã, Lula participará da cerimônia de troca do Comando Militar do Nordeste, no Recife. Em seguida, embarcará para Fortaleza, onde lança a pedra fundamental do campus do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA).


Avatar

administrator