Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que a varíola dos macacos é agora considerada uma emergência de saúde pública global. A declaração foi feita pelo diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, neste sábado (23), durante uma entrevista coletiva à imprensa em Genebra, na Suíça.

Atualmente, existem mais de 16 mil casos relatados de 75 países e cinco mortes, afirma a OMS.

Segundo Tedros, há um surto do vírus monkeypox, que se espalhou rapidamente pelo mundo, por meio de novos meios de transmissão. O diretor ressaltou que há pouco conhecimento sobre o comportamento do vírus, que atende aos critérios de emergência sob o Regulamento Sanitário Internacional.

“Por todas estas razões, decidi que o surto global de varíola dos macacos representa uma emergência de saúde pública de interesse internacional ”, declarou.

Tedros indicou que o risco atual de monkeypox é moderado globalmente, exceto na Europa, onde o risco é classificado como alto.

“Há também um risco claro de maior disseminação internacional, embora o risco de interferência no tráfego internacional permaneça baixo no momento”, acrescentou.

Surto pode ser interrompido

Durante a coletiva, o chefe da OMS disse ainda que, apesar de declarada uma emergência de saúde pública de interesse internacional, no momento, o surto de monkeypox está concentrado entre homens que fazem sexo com outros homens, especialmente aqueles com múltiplos parceiros sexuais.

“Isso significa que este é um surto que pode ser detido com as estratégias certas nos grupos certos”, declarou o diretor.

 


Paola Tito

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.