O presidente iraniano, Ebrahim Raisi, iniciou uma visita oficial de dois dias que visa estreitar as relações da República Islâmica com países asiáticos nas arenas política e econômica.

O presidente iraniano foi oficialmente recebido por seu homólogo indonésio, Joko Widodo, logo após sua chegada a Jacarta nesta terça-feira (23), segundo a agência Tasnim.

As parcerias foram assinadas pelos ministros iranianos das Relações Exteriores, Tecnologia da Informação e Comunicação, Petróleo e vice-presidente para assuntos Científicos e Tecnológicos e vice-ministro da Indústria, Minas e Comércio com seus homólogos indonésios. No total, 11 documentos e acordos para fortalecer a cooperação, relata a mídia.

As negociações entre os dois países abrangem uma ampla gama de temas bilaterais, regionais e internacionais e buscam aprofundar a cooperação em diversas áreas, incluindo política, econômica, comercial, energética, científica e tecnológica, cultural, parlamentar e de segurança.

Referindo-se ao Irã como parceiro comercial não tradicional da Indonésia, Johni Martha, diretor de negociações bilaterais do Ministério do Comércio da Indonésia, disse: “Com estes acordos, esperamos ampliar nosso alcance de mercado e oportunidades de exportação no Oriente Médio e na República Islâmica”.

De acordo com o Ministério do Comércio da Indonésia, espera-se que a viagem de Raisi ao país melhore as relações mútuas, já que Teerã busca alternativas ao domínio ocidental liderado pelos Estados Unidos nos assuntos internacionais e mais cooperação depois que os dois Estados concluíram as negociações sobre o acordo de Comércio Preferencial Indonésia-Irã este mês.

Os dados do ministério mostraram que o comércio entre a Indonésia e o Irã totalizou US$ 54,1 milhões (R$ 268 milhões) entre janeiro e março, enquanto o valor do comércio bilateral no ano passado aumentou mais de 23%, para US$ 257,2 milhões (R$ 1,2 bilhão).


Avatar