Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

O PSB de Minas Gerais está disposto a bancar a pré-candidatura do ex-ministro e ex-deputado federal Saraiva Felipe ao governo do Estado mesmo que PT e PSD fechem a aliança em torno do nome do ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil como candidato ao Palácio Tiradentes.

“O PT resolveu o problema dele, mas, para o PSB, não mudou nada. Saraiva Felipe é o nosso pré-candidato ao governo”, afirmou o presidente do PSB em Minas, deputado federal Vilson da Fetaemg.

Recém-filiado ao PSB, Saraiva Felipe teve seu nome lançado como pré-candidato ao governo com a justificativa de assegurar palanque alternativo para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em Minas uma vez que as negociações com o PSD estavam travadas em função do impasse na formação da chapa majoritária. O PSB é o partido do provável vice de Lula, o ex-governador paulista Geraldo Alckmin.

Em Minas, o impasse entre o PT e Kalil estava na composição dos cargos majoritários. O PSD vinha defendendo uma chapa puro-sangue, com Kalil para o governo, o deputado estadual Agostinho Patrus na vice e o senador Alexandre Silveira para a reeleição. Já o PT defendia o deputado federal Reginaldo Lopes para o Senado. Com o acordo, o PT deve retirar o nome de Reginaldo da disputa para o Senado e indicar o vice de Kalil.

Para o deputado Vilson, esse novo cenário não chega a enfraquecer a candidatura de Saraiva Felipe. Ele usou como exemplo o caso do atual governador, Romeu Zema (Novo). “Nas primeiras pesquisas da última eleição ao governo, Zema aparecia com poucos pontos nos levantamentos e agora é o governador. Não podemos subestimar nenhuma possibilidade”, afirmou.

“Nossa definição é pelo apoio a Lula; o nosso candidato a presidente é ele. Mas, aqui em Minas, o PSB ainda não apóia nem Zema nem Kalil. Nós temos uma candidatura própria e podemos dar esta opção ao eleitor”, disse Vilson da Fetaemg.

Em relação ao cargo de senador, o presidente do PSB Minas informou que o partido mantém diálogos com vários sujeitos políticos e que as definições finais podem acontecer até as convenções partidárias.

A reportagem tentou contato com o ex-ministro e ex-deputado Saraiva Felipe, mas não obteve retorno.


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.