Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder da oposição no Senado, disse que irá encaminhar uma representação ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra o presidente Jair Bolsonaro (PL), após os ataques às urnas eletrônicas e o processo eleitoral, no encontro com embaixadores, ocorrido nessa segunda-feira (18/7).

De acordo com o parlamentar, o requerimento se dá em razão da “escalada facista e autoritária” do presidente. Segundo Randolfe, os pedidos serão para que Bolsonaro, enquanto pré-candidato à Presidência da República, seja condenado por propaganda irregular. Além disso, será solicitado que o partido de Bolsonaro, o PL, divulgue uma errata desmentindo as declarações do presidente em TV pública.

“Além disso, vamos pedir a Condenação do PL a perder o tempo de sua propaganda eleitoral equivalente ao gasto pelo pré-candidato na divulgação de ataques e informações inverídicas sobre as urnas eletrônicas! Chega de deixar Bolsonaro esculhambar a nossa democracia!”, disse Randolfe.

Ataques às urnas

A medida foi anunciada após um encontro do presidente Bolsonaro com embaixadores, no qual o Chefe do Executivo fez diversas acusações ao sistema eleitoral, como fraudes nas eleições de 2014 e 2018, informações já desmentidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).


Paola Tito

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.