Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

A Rússia confirmou na quarta-feira (2) que o presidente Jair Bolsonaro (PL) vai visitar o país nos próximos dias e criticou uma suposta pressão do Ocidente para que ele não vá a Moscou em meio às tensões com a Otan e os Estados Unidos envolvendo a Ucrânia.

“[Bolsonaro chegará à Rússia] dentro de aproximadamente duas semanas”, disse Yuri Ushakov, assessor de Kremlin, à imprensa russa.

Ele também afirmou que não só Bolsonaro, como o presidente da Argentina, Alberto Fernández, que vai desembarcar em Moscou nesta quarta, foi pressionado por países ocidentais para não viajar para a Rússia.

“Mas estes são países grandes que decidem por si mesmos como lidar com suas relações externas, com quem estabelecer contatos e quais países visitar”, disse. Ele também afirmou que as pressões – supostamente para isolar a Rússia diplomaticamente – não vão influenciar as visitas oficiais.

Fernández chegará à Rússia à noite e vai se reunir com o presidente russo, Vladimir Putin, quinta. Depois, vai embarcar para Pequim para assistir à cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na sexta-feira.

Fonte: UOL


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.