Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

O senador Carlos Viana (PL-MG), pré-candidato ao Governo de Minas nas eleições, criticou o plano estadual de desenvolvimento. Em entrevista ao Estado de Minas, Viana apontou que não há política de desenvolvimento em curso e relembrou a instalação da fábrica da cerveja holandesa Heineken.

“Hoje, nós estamos à deriva. Nós não temos nenhum grande programa. Olha, para você ter uma ideia, ficou se comemorando aí uma fábrica de cerveja. Ficou aquele bate-boca, quem levou fábrica de cerveja, foi fulano, a prefeita de Uberaba não teve competência, ficou aquele bate-boca”, afirmou.

Após impedimento da instalação da fábrica em Pedro Leopoldo, cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte, ela passou em 27 de abril de 2022 para Passos, no Sul de Minas, depois de disputa sobre o local onde o empreendimento seria feito. Viana classificou isso como “mediocridade política”.

“Olha, nós somos um estado maior que a França. A gente de joelhos agradecendo uma fábrica de cerveja, isso é muita mediocridade política de plano de desenvolvimento para um tamanho do estado de Minas Gerais”, complementou.

A disputa

Além de Viana, Romeu Zema (Novo), Alexandre Kalil (PSD), Miguel Corrêa (PDT), Marcus Pestana (PSDB), Renata Regina (PCB), Lorene Figueiredo (Psol), Saraiva Felipe (PSB) e Vanessa Portugal (PSTU) se colocam como pré-candidatos na disputa pelo governo mineiro.

Viana foi o quinto entrevistado no âmbito da disputa ao Governo de Minas nas eleições deste ano. Corrêa, Kalil, Renata Regina e Zema já participaram do “EM Entrevista”. Após Viana, Saraiva Felipe será o sabatinado, às 13h da próxima segunda-feira (20).


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.