Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

O Atlético teve mais uma atuação ruim e quase foi salvo por Alan Kardec, que marcou já nos acréscimos, mas Gabriel Pirani, outro estreante da noite, balançou as redes na última bola. Com isso, o Galo não conseguiu vencer o Cuiabá na noite desta quinta-feira (21), na Arena Pantanal.

A partida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro terminou em 1 a 1, com muitas dificuldades do Atlético de criar diante de uma equipe que luta contra o rebaixamento.

Com o resultado, o Atlético perde a chance de colar no Palmeiras e fecha a rodada na terceira posição, com 32 pontos, mesmo número do Corinthians, que tem uma vitória a mais. Já o Cuiabá chega aos 20 pontos e permanece na 15ª posição.

Antonio Turco Mohamed surpreendeu na escalação. Sem poder contar com Hulk e Eduardo Sasha, artilheiros da equipe na temporada, ele poderia promover a estreia dos três reforços que viajaram. Pedrinho, Pavón e Alan Kardec.

Ou até usar Keno, que ficou no banco. Apesar disso, o treinador escalou Fábio Gomes, que havia sido titular pela última vez em maio e mal é utilizado por Turco. Ademir e Eduardo Vargas comporam o ataque, que não funcionou.

Durante todo o primeiro tempo de jogo, o Galo teve muito mais posse. Terminou a etapa com 70% contra 30% para o Cuiabá. Apesar disso, não produziu nada. Todos os lances de perigo foram em ações dos donos da casa. Aos 6 minutos, 11, 17, 25, 33, 42, 46… a história se repetia: o Galo tentava infiltrar a defesa do Cuiabá, não conseguia e tomava o contra-ataque.

A jogada mais perigosa foi aos 42 minutos. O Cuiabá chegou pelo lado direito e Rodriguinho, livre dentro da área, recebeu um cruzamento. O camisa 10 chutou para o gol e o zagueiro Igor Rabello, titular mais uma vez no lugar de Nathan Silva, tirou a bola em cima da linha, evitando que o time adversário abrisse o placar na Arena Pantanal.

No intervalo, Turco não fez mudanças. Quando o cronômetro bateu os 10 minutos, colocou Pedrinho, Keno e Pavón, tirando Jair, Vargas e Ademir. Logo no primeiro minuto em campo, Pavón recebeu cartão amarelo por falta em Pepê. No lance seguinte, Igor Rabello salvou outra vez, em cima da linha, salvando o Atlético.

As alterações até que deram um pouco mais de ânimo ao Galo, mas não o suficiente. O time alvinegro até chegou a finalizar com Keno aos 28 minutos. O jogador que entrou na segunda etapa chutou colocado no gol de Walter, mas o goleiro defendeu com facilidade. Ainda assim, o Cuiabá continuou atacando e fazendo a torcida alvinegra passar apertos.

Já nos acréscimos, Alan Kardec, que saiu do banco de reservas, conseguiu balançar as redes. O centroavante fez sua estreia pelo Galo e conseguiu soltar o grito de alívio alvinegro, com a vitória que parecia vir. Só que Gabriel Pirani, outro estreante da noite, marcou o dele no último lance da partida, deixando tudo igual em Cuiabá.


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.