Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

A partir desta quarta-feira (18), trabalhadores nascidos em junho podem fazer o saque extraordinário de até R$ 1.000 por pessoa do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O benefício, um direito de quem tem carteira assinada, será depositado na Conta Poupança Social Digital da Caixa Econômica Federal, já utilizada normalmente para o pagamento de benefícios sociais e previdenciários.

Inicialmente, a partir do momento em que Caixa realizar o crédito na conta poupança digital, os valores poderão ser movimentados por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de boletos ou de compras em farmácias, lojas e supermercados por meio de um cartão virtual.

Caso os dados do beneficiário estejam incompletos, a conta poupança digital não poderá ser aberta automaticamente pelo banco e o crédito não será realizado. Nesses casos, é necessário solicitar o saque dos recursos.

Saque do FGTS

O processo para fazer o saque pode ser feito totalmente online. Para isso, basta entrar no aplicativo do FGTS, que está disponível para smartphones e tablets, e inserir os dados informados.

O trabalhador deverá clicar em “Solicitar saque” e depois em “Confirmar” para autorizar a abertura de conta poupança social da Caixa. Aparecerá, então, a seguinte mensagem: “A Caixa irá processar a solicitação e caso esteja tudo certo, o valor será creditado em sua conta”.

Para aqueles que aceitarem fornecer a foto de um documento oficial para cadastrar a biometria poderão receber o crédito em conta corrente ou poupança de qualquer banco. O dinheiro será liberado de acordo com o mês de nascimento do trabalhador, com início em 20 de abril para os nascidos em janeiro e término em 15 de junho para os aniversariantes de dezembro.

Caso os valores não sejam retirados, gastos ou transferidos até 15 de dezembro, voltarão para a conta do FGTS vinculada ao trabalhador.

Consulta ao benefício

O acesso aos valores das contas do fundo geralmente só pode ser feito em situações específicas como demissão sem justa causa, compra da casa própria ou aposentadoria. O governo federal, no entanto, publicou uma Medida Provisória liberando o saque extraordinário.

A consulta ao saque pode ser feita por meio do site e aplicativo do FGTS e nas agências da Caixa Econômica Federal.

Pelo site, é possível saber se o trabalhador tem direito ao saque, a data em que o dinheiro será creditado na conta poupança digital. Nesta opção, é necessário informar o Número de Identificação Social (NIS) e utilizar a senha cadastrada pelo trabalhador. Ainda é possível utilizar a Senha Cidadão.

Já pelo aplicativo e nas agências da Caixa, o trabalhador pode acessar o valor a ser creditado, a data do crédito, solicitar o retorno dos valores à conta FGTS e alterar o cadastro para a criação da Conta Poupança Social Digital.

Segundo a Caixa, cerca de R$ 30 bilhões serão liberados para aproximadamente 42 milhões de trabalhadores.


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.