Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) determinou que o governador Romeu Zema (Novo) exclua do seu perfil do Facebook uma postagem que originalmente tinha sido feita pelo governo de Minas Gerais e republicada por ele.

Ação foi representada pelo PSB, partido que apoia a candidatura do ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSB) ao governo de Minas. A decisão foi tomada pelo juiz Guilherme Mendonça Doehler, em caráter liminar.

De acordo com o texto, as publicações apresentam “amplo e elogioso resumo das ações e realizações da atual gestão comandada pelo primeiro representado (Romeu Zema)”.

Segundo o documento, a publicação de Zema tem caráter eleitoral por possuir logomarca e o slogan da atual gestão (“Governo Diferente, Estado Eficiente”).

Agora, Zema tem um prazo de 24 horas, a partir tarde de segunda-feira (25), para retirar as publicações do ar. Prazo que já se encerrou. O juiz também deu três dias para o governador se defender nos autos do processo.

Em nota enviada ao Estado de Minas, o governador relembrou que Minas conquistou o primeiro lugar no ranking de transparência pública da CGU, desde 2021.

“O resultado inclui também as redes sociais que, ao longo da minha gestão, são atualizadas diariamente para informar aos mineiros o que estamos fazendo pra consertar os estragos deixados pelo Pimentel-PT e as realizações que colocaram Minas de novo nos trilhos”, escreveu Zema.

“Essa transparência, premiada pelos órgãos competentes, ocorreu ao longo de toda minha gestão e não apenas em época de eleição, como políticos do passado estão acostumados a fazer, tentando censurar quem trabalha de verdade.”

 


Avatar

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.