Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

A escalada de mortes por COVID-19 em Minas tem um novo capítulo nesta quinta-feira (3/2). O número de perdas registrado no boletim divulgado hoje pela Secretária de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) é o mais alto desde o dia 11 de agosto de 2021, ou seja, 176 dias. São 135 mortes e novos 28.585 contaminados nas últimas 24h.

A quantidade de óbitos é a mais alta deste ano, marcado por um número de contaminações nunca visto antes em Minas Gerais, e também dos quatro últimos meses do ano passado. O boletim do dia 11 de agosto de 2021 trouxe 140 mortes.

Os casos de novos contaminados em um período de 24h apresentam uma escalada desde o dia 12 de janeiro – mas o número de óbitos não acompanhava o mesmo crescimento. Ontem (2/2), o estado também superou a marca dos 100 óbitos.

Para efeito de comparação, considerando toda a pandemia, o dia em que Minas Gerais registrou o maior número de mortes por COVID-19 ocorreu em 7 de abril do ano passado, com 508 perdas. O boletim que apresentou a maior quantidade de óbitos foi publicado no dia 29 de março de 2021, com 463.

Contaminação

O número de contaminação segue alarmante no estado. O boletim de hoje mostra que 28.585 pessoas foram contaminadas nas últimas 24h.

Até o início deste ano, o estado mineiro nunca havia registrado mais do que 17 mil novos casos nesse período. No dia 12 deste mês, Minas bateu o antigo recorde para iniciar uma escalada de quantidade de contaminações nunca vista em Minas.

É a 11ª vez desde o início da pandemia que Minas ultrapassa a marca de 25 mil novos casos de COVID-19 em um dia. No total, o coronavírus infectou 2.805.771 pessoas em Minas, e 57.575 morreram em decorrência da doença.

Segundo dados do boletim, o número de casos em acompanhamento subiu nas últimas 24 horas. De 248.619 registrados nessa quarta (2/2) o número de pacientes aumentou para 251.501 nesta quinta (3/2).

Esta condição é para pessoas confirmadas com COVID que não morreram, cuja condição clínica permanece sendo acompanhada ou aguarda atualização pelos municípios.

Além disso, 2.496.695 pessoas já se recuperaram completamente da doença.

Fonte: SES-MG


Avatar

editor