Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

O turismo brasileiro faturou R$ 152,4 bilhões em 2021. O levantamento foi feito pelo Conselho de Turismo do FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo). O faturamento do ano passado cresceu 12% em relação a 2020. O montante, no entanto, ficou 24% abaixo de 2019, ano pré-pandemia.

O setor aéreo foi quem liderou a puxada do crescimento do turismo. O transporte aéreo teve faturamento total de R$ 37,7 bilhões, aumento de 28%. Em seguida aparece o grupo de alojamento e alimentação, que registrou crescimento de 13,1%, faturando R$ 45,2 bilhões. Mariana Aldrigui, presidente do Conselho de Turismo da FecomercioSP, diz que o resultado foi positivo.

“Com o avanço da vacinação no país, vimos os gráficos acendentes do turismo de agosto a dezembro”, afirmou. Se a variante ômicron não tivesse chegado, os meses de dezembro e janeiro teriam sido os meses melhores da história pela concentração de demanda, de acordo com a presidente do Conselho do Turismo.

Para 2022, Aldrigui diz que a expectativa é que o faturamento total se equipare ao 2019, ou seja, se recupere. No entanto, há um entrave que pode impedir a retomada: a alta da inflação. Segundo a presidente do Conselho do Turismo da FecomercioSP, as pessoas tendem a colocar o lazer em 2º plano quando o poder de compra cai.

“Pessoas que vão viajar farão ou viagens mais curtas, ou viagens mais baratas”, afirmou sobre a projeção do cenário para 2022.

Fonte: Poder 360


Avatar

editor