Informações de Contato

Belo Horizonte - MG

Atendimento

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue na liderança da disputa presidencial, de acordo com a pesquisa PoderData divulgada nesta quarta-feira (21). O petista tem 43% dos votos e o atual mandatário, Jair Bolsonaro (PL), aparece em segundo lugar com 37%, uma diferença de 6 pontos.

Os dois candidatos tiveram variações dentro da margem de erro do levantamento, que é de 2 pontos percentuais, em comparação com a última pesquisa realizada há 15 dias. Lula variou de 44% para 43% e Bolsonaro oscilou de 36% para 37%.

Ciro Gomes (PDT) aparece com 6%; Simone Tebet (PMDB) marcou 3%; André Janones (Avante) tem 2% das intenções de voto e Pablo Marçal (Pros) possui 1%. Os demais candidatos não pontuaram.

Segundo turno

O levantamento do Poder Data mostra estabilidade na corrida presidencial em caso de segundo turno. Lula tem 51% das intenções de voto contra 38% de Bolsonaro, uma desvantagem de 13 pontos. Em comparação com a sondagem anterior, o petista oscilou 1 ponto para cima e Bolsonaro manteve a mesma pontuação.

A pesquisa foi realizada de 15 a 17 de julho e foram entrevistadas 3.000 pessoas em 309 municípios das 27 unidades da Federação. As entrevistas aconteceram por telefone e o intervalo de confiança do estudo é de 95%. A pesquisa está registrada no TSE sob o número BR-07122/2022.

Os números da pesquisa PoderData anterior

A última pesquisa PoderData foi divulgada em 6 de julho e também mostrava estabilidade do cenário de disputa presidencial, com Lula na liderança, com 44% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro, que tinha 36%.

Em seguida apareciam os candidatos Ciro Gomes (PDT), com 5%, André Janones (Avante) e Simone Tebet (MDB), com 3% cada. Os candidatos Luiz Felipe d’Avila (Novo), Pablo Marçal (Pros), Luciano Bivar (União Brasil), Leonardo Péricles (UP), Eymael (DC), Sofia Manzano (PCB) e Vera Lúcia (PSTU) não tinham alcançado 1% no levantamento. Brancos e nulos totalizavam 5% e não souberam ou não quiseram opinar 4% dos entrevistados pelo instituto.


Paola Tito

editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.